Seções

Nesta Edição

divisor-menu

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

selo-35-categorias-de-destaque

REFRIGERANTE

Retomada de posição

Por Claudia Rivoiro e Rúbia Evangelinellis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Depois de registrar queda nos últimos quatro anos – só no ano passado, a queda em volume foi de 3,7%, e de 1,8% no total comercializado –, a categoria Refrigerante/Bebida Mista Gasosa teve um crescimento de 6,2% no período apurado pela Nielsen para a pesquisa “Categorias em Destaque”. Segundo Fátima Merlin, diretora da Connect Shopper, empresa de consultoria que atua no varejo brasileiro, a recuperação do consumo da categoria ocorreu graças ao esforço concentrado das indústrias que investiram em embalagens diferenciadas, promoções e novos sabores. “Na minha opinião, esse número é mais uma recuperação da queda registrada nos últimos anos por causa de fatores como restrições e opção por produtos mais saudáveis, o que impactou muito a categoria no ponto de venda”, observou Fátima. Na importância da compra por volume nos segmentos, a preferência é pela embalagem de litro, o que pode ser entendido como economia na compra. “O consumidor está atento para os gastos na hora da compra. Se o produto render mais, isso pode ser considerado um atrativo positivo”, enfatizou. Sua importância nas sete áreas Nielsen está bem equilibrada, o que também pode ser positivo para o atacadista distribuidor que trabalha com a categoria.

FONTE NIELSEN