Seções

Nesta Edição

divisor-menu

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

selo-35-categorias-de-destaque

LEITE ASSÉPTICO

De olho nas tendências

Por Claudia Rivoiro e Rúbia Evangelinellis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A venda de leite asséptico caiu 5,6%, considerando-se o resultado em valores. O maior recuo foi observado no tipo desnatado, de 16,4%, percentual que só não pesou tanto na média geral porque esse segmento tem uma importância de apenas 10% em valor na composição da categoria. Por sua vez, a versão integral tem representação significativa, de 82%, e teve variação negativa de 4,4%. Segundo Beatriz Cardoso, gerente de Marketing da Itambé, o leite é o DNA da marca e a empresa sempre procurou atender às necessidades dos consumidores, investindo em novidades e pesquisas. “Além de seguir as tendências de mercado, preocupamo-nos em inovar e desenvolver produtos com o melhor do leite. Neste ano, tivemos diversos lançamentos, como a ampliação da linha de alta proteína e a reformulação da linha Itambé Fit, que agora também passa a ser Zero Lactose.”

FONTE NIELSEN