Seções

Nesta Edição

divisor-menu

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

PERFIL DE SUCESSO
 INDÚSTRIA

Ypê, a marca pop de 70 anos

Dona de um mix que o consumidor reconhece pela sua eficiência, a empresa garante um crescimento acima da média de mercado

por Rúbia Evangelinellis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
A unidade da empresa em Amparo, no interior paulista

Prestes a completar 70 anos, mais precisamente em 6 de novembro, a Ypê é um exemplo de empresa brasileira experiente, que soube enfrentar as oscilações e os trancos da economia, voltar os olhos para o novo, ouvir o consumidor e apresentar-se com um perfil moderno. Nascida pelas mãos da família Beira como uma pequena fábrica de sabão na cidade de Amparo, no interior paulista, a direção para onde ela se encaminhou levou-a a investir em ações que deram valor à marca e criaram um portfólio popular, com mais de 300 produtos para limpeza da casa e das roupas, além de uma linha de sabonetes.

Um dos centros de distribuição da indústria

A Ypê ganhou força de marca popular e conquistou espaço nas gôndolas do varejo – do pequeno ao grande. A empresa deixa claro que vai bem e que seu plano de sustentação e desenvolvimento está alinhado com as ações sociais e de sustentabilidade. 

Waldir Beira Júnior, CEO da Ypê, dirige o negócio criado pelo pai em 1950 e batizado como Química Amparo (razão social da marca institucional Ypê). Em entrevista exclusiva concedida à revista DISTRIBUIÇÃO, o empresário destaca os atuais feitos da empresa, que se mantém com um capital 100% nacional. E fala sobre o que a move, sua perspectiva de crescimento e o olhar atento com que observa o mercado. “A história da Ypê é marcada por conquistas, superações e crescimento. Nossa estrutura mudou relativamente à época da fundação, mas os valores continuam os mesmos”, assegura. 

Apesar de sua firme aposta em seu potencial de mercado, cifras e percentuais que medem o faturamento e os investimentos são sigilosos. “A Ypê apresenta um crescimento consistente desde sua fundação e esperamos manter essa curva ascendente nos próximos anos”, resume. Beira Júnior acrescenta que a empresa mantém uma política firmada na “melhor” relação custo/benefício do portfólio, alicerçada na ampla oferta de produtos e em preços acessíveis. “Temos uma meta de crescimento otimista. E somos líderes no Brasil nas categorias de lava-louças, amaciantes tradicionais e sabão em barra”, exemplifica. 

No mercado nacional, a Ypê tem um mix com mais de 300 produtos em 15 categorias. Além da força que a marca institucional lhe investe, e que ela usa para estampar alguns produtos, a empresa também é dona dos rótulos Atol, Assolan, Perfex e Tixan.

Unidade de Salto/SP

Apesar de manter a atenção no mercado doméstico, a indústria também permanece atenta à sua carteira de clientes do exterior. A exportação é uma operação considerada estratégica para os negócios. Atualmente, a indústria vende para mais de 20 países da América Latina, Ásia, África e Oriente Médio.

EXPANSÃO DA PRODUÇÃO

Para dar base à expansão dos negócios, a Ypê anunciou sua sexta fábrica, que começará a construir neste ano, com inauguração programada para 2022. As demais estão localizadas em São Paulo (Amparo e Salto), Bahia (Simões Filho), e Goiás (Anápolis e Goiânia). A sexta fábrica está sendo erguida em Itapissuma/PE, em uma área de 400 mil metros quadrados.

Unidade Simões Filho/BA

O empresário garante que a unidade seguirá “com rigor” os princípios e valores da companhia no que diz respeito à preservação do meio ambiente e à utilização racional dos recursos naturais, em conformidade com requisitos legais. Ele também prevê que a fábrica promoverá o desenvolvimento da economia local, com a criação de cerca de 700 ofertas de trabalho, que incluem empregos diretos e indiretos. 

Com a nova fábrica e um centro de distribuição ao lado da unidade, a empresa reforça sua aposta no mercado brasileiro e na Região Nordeste. 

Recentemente, a Ypê divulgou que, paralelamente à construção da sexta fábrica, fechou uma parceria com a Brasmundi para o uso de um centro de distribuição em Jaboatão dos Guararapes, que fica a cerca de 20 quilômetros do Recife/PE. O objetivo é melhorar o atendimento na região até junho próximo.

Marca sólida com história

Waldir Beira Júnior, CEO da Ypê

"A Ypê tem toda uma variedade de produtos em seu portfólio para atender consumidores de diferentes perfis e necessidades"

A sua empresa tem uma marca icônica, a Ypê. Pelo que me parece, ela abraça a linha de produtos da empresa, inclusive de outras marcas. Como isso acontece na prática?

A marca Ypê é reconhecida no mercado e pelo consumidor. Atualmente, nosso portfólio de produtos também é composto pelas marcas Atol, Assolan, Perfex e Tixan, que são apresentados pela marca Ypê. A legitimidade dos produtos e da marca é reconhecida por premiações. Por exemplo, em 2019, a Ypê recebeu, pela 16a vez, o Prêmio Marcas de Confiança na Categoria Detergente Líquido, pela revista Seleções.

 

Que perfil de consumidores a empresa tem em vista?

A Ypê tem toda uma variedade de produtos em seu portfólio para atender consumidores de diferentes perfis e necessidades. Para você ter uma ideia sobre essa diversificação, temos mais de 90% de presença nos lares e entendemos que os nossos consumidores querem um produto de qualidade e que seja acessível, simples e completo. Além disso, hoje em dia, as pessoas buscam produtos mais sustentáveis e são preocupadas com a reputação e a atuação das empresas.

 

O fato é que o brasileiro, em razão da crise econômica, mudou seus hábitos de compra, experimentando novas marcas. A empresa precisou fazer algum tipo de ajuste no portfólio para se adequar a essa situação?

A empresa busca sempre trazer para o consumidor produtos de alta qualidade, com preços acessíveis, independentemente da situação econômica que vigora no País.

 

A Ypê é 100% nacional. Isso é uma vantagem competitiva no mercado, onde há uma vigorosa presença de empresas estrangeiras?

A solidez da marca e a relação custo/benefício oferecida pelos produtos nos torna competitivos. O grande desafio que se impõe a uma empresa brasileira, e que soubemos gerir no percurso da nossa história, são as turbulências macroeconômicas. São situações de risco, mas também de oportunidade. Nosso foco consiste em ouvir e conhecer bem o consumidor brasileiro, atender às suas necessidades.

 

A empresa tem intensa atuação em ações de responsabilidade e de defesa do meio ambiente? Poderia falar sobre isso e também sobre a importância de as empresas participarem de programas sociais e de investirem na sustentabilidade?

A Ypê tem o meio ambiente como um dos alicerces que sustentam seu sistema de excelência operacional. Está no DNA da empresa e olhamos para os três pilares da sustentabilidade — o ambiental, o social e o econômico — com o mesmo grau de atenção. Do ponto de vista do produto, tomamos cuidado ao eleger as matérias-primas e as embalagens. Por exemplo, em 2018, mais de 75% do material que usamos na produção das embalagens PET provém de materiais reciclados ou de PETs pós-consumo. Em nossa comunicação, buscamos conscientizar os colaboradores e os consumidores sobre o uso e o descarte consciente dos produtos.

 

Mas a Ypê também atua com outras parcerias?

Mantemos parcerias com a SOS Mata Atlântica e com o projeto Observando os Rios, que consiste em um trabalho com voluntários que monitoram rios em todo o País. Além disso, a outra parceria com essa instituição permitiu o plantio de 850 mil árvores desde 2007 por meio do Projeto Florestas Ypê. Nossas ações e parcerias são assuntos que se destacam aos olhos do consumidor e do mercado.

 

Quantos produtos vocês têm no portfólio? Quais deles atuam como carros-chefes?

Somos líderes no Brasil nas categorias de lava-louças, amaciantes tradicionais, sabão em barra e, recentemente, lava-roupas em pó. Nossa linha completa tem mais de 300 produtos em 15 categorias diferentes. A história da Ypê é marcada pela inovação. Produzimos o primeiro sabão em barra semitranslúcido do mercado, o primeiro lava-louças transparente, o primeiro lava-roupas líquido do Brasil e, mais recentemente, o primeiro amaciante concentrado, que o consumidor pode personalizar com seu próprio perfume.

 

Qual a importância do atacado distribuidor para a empresa? O canal indireto responde por qual parcela do abastecimento?

A Ypê vem ampliando constantemente o seu portfólio e procura antecipar as necessidades do mercado. Isso só foi possível graças ao trabalho sempre colaborativo com nossos clientes. O atacado distribuidor é um canal importante para o mercado, que vem evoluindo ao longo do tempo. Nossa relação com os clientes é sempre pautada na confiança e no desenvolvimento mútuos. Quanto mais eles crescem, mais nós também crescemos. É um canal estratégico com papel importante para o futuro da Ypê e do Brasil.