Seções

Nesta Edição

divisor-menu

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

ABAD
News

Rio de Janeiro terá prazo maior para pagamento de ICMS

Por Redação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Joílson Maciel Barcelos Filho, presidente da Aderj – Associação de Atacadistas e Distribuidores do Estado do Rio de Janeiro, esteve presente em 14 de fevereiro, no Palácio Guanabara, para acompanhar a assinatura do decreto que altera para 45 dias o prazo de pagamento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Bens e Mercadorias) para eventos e feiras no Estado do Rio de Janeiro, inclusive para organizadores e expositores fluminenses. 

Wilson Witzel, governador do Estado, disse em entrevista que seu principal desejo é que o Rio de Janeiro volte a ser competitivo e que medidas como essa possibilitem ao Rio atrair cada vez mais novos negócios, movimentando a economia. “O decreto do governador é importante para a economia fluminense. O prazo de 45 dias dado por Witzel é uma sinalização do reconhecimento do governo do Estado no sentido de que o empresariado do Rio de Janeiro tem dificuldades para pagar os tributos de diversas ordens, principalmente o ICMS, que é um imposto caro. A Aderj vê com bons olhos a preocupação do governador com esse quadro adverso, tentando buscar uma solução para o caso”, disse Joílson. Também participaram da cerimônia de assinatura Fábio Queiroz, presidente da Asserj — Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Cláudio Carvalho, secretário da Fazenda, Otávio Leite, secretário de Turismo, André Moura, secretário da Casa Civil e Governança, Celso Marcon, subsecretário de Relações Internacionais e Administração da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, e Fátima Facuri, presidente da Abeoc — Associação Brasileira de Empresas de Eventos.

Joílson Barcelos, presidente da Aderj: decreto é importante para a economia fluminense