Camex zera imposto de importação para arroz até fim do ano

O Comitê- Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu nessa quarta-feira zerar a alíquota do Imposto de Importação para o arroz em casca e beneficiado até o fim deste ano, em meio à expressiva alta no preço do produto no país.

Em nota, o Ministério da Economia informou que a redução temporária está restrita à cota de 400 mil toneladas e que a decisão veio após proposta feita pelo Ministério da Agricultura ao colegiado.

Atualmente, incidem sobre os países fornecedores de fora do Mercosul as tarifas de 12% sobre o grão beneficiado e 10% sobre o produto em casca.

O movimento do governo brasileiro vem em meio a uma elevação recente de preços de alimentos básicos no país, incluindo o arroz, cuja cotação atingiu patamar recorde.

Além da demanda firme, o dólar forte frente ao real, que impulsiona exportações, é citado entre os fatores para o aumento de preços dos alimentos no país.

O arroz em casca no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional, fechou a terça-feira cotado em R$ 104,17 por saca de 50 kg, alta de 10,8% na variação mensal e mais que o dobro da média de R$ 45,15 registrada um ano antes, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

O Ministério da Agricultura disse no final de agosto que avaliava a possibilidade de isentar temporariamente de tarifas importações de arroz, milho e soja de países que não são membros do Mercosul para equilibrar o mercado doméstico e impedir aumentos de preços.

Fonte: Reuters

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email