Plataforma de Negócios coloca PMEs no mundo digital

Uma nova oportunidade para pequenas e médias empresas surge com a nova Plataforma de Negócios lançada pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. Disponível para as 58 mil empresas associadas, a plataforma online facilita o networking e a ampliação dos canais de vendas neste momento em que empresários buscam a diversificação. A ideia da entidade é aproximar as indústrias – principalmente as de pequeno porte – do varejo físico e online. “Queremos ser um facilitador dessa primeira fase do ciclo de vida das empresas que ainda não tiveram experiência de exposição comercial pela internet; assim elas terão oportunidade de se expandir para novos mercados e canais de vendas”, afirma João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

A Plataforma de Negócios da GS1 Brasil tem 50 categorias de produtos no total, que se dividem entre vários setores da economia como alimentos e bebidas, saúde, perfumaria, papelaria, calçados, vestuário, itens para casa, eletroeletrônicos, ferramentas e construção, pet, jardinagem, limpeza e outros. As empresas interessadas em fazer parte da plataforma se inscrevem e recebem orientações de como iniciar o processo para expor. Elas devem ser associadas à entidade e, quando ingressam na plataforma, incluem seu portfólio em arquivo para ser baixado pelos interessados. Outra característica é que é possível às empresas serem percebidas tanto por distribuidores e varejistas quanto diretamente pelo público consumidor, num modelo híbrido B2B e B2C. O projeto foi desenvolvido em apenas 45 dias e teve como ponto de partida as dificuldades identificadas em um levantamento que a entidade realiza com seus associados desde o início do isolamento social.

As maiores dificuldades enfrentadas pelas empresas entrevistadas no levantamento são a redução no faturamento e a necessidade de diversificar os negócios para se adaptar à nova realidade. Portanto, supermercados, marketplaces, e-commerce, distribuidores e representantes comerciais que têm interesse em ampliar seu relacionamento com a indústria têm na Plataforma de Negócios um novo canal. “O importante é nossa associação impulsionar novos negócios e dar visibilidade aos parceiros neste ano tão atípico”, explica Oliveira. No momento em que a plataforma começou a ser divulgada como nova oportunidade às empresas, mais de 300 se mostraram interessadas em fazer parte e até o momento boa parcela delas já cumpriu os requisitos e está expondo sua marca. O acesso para visualizar essas empresas é aberto a qualquer pessoa pelo link http://www.plataformadenegocios.gs1br.org .
Cadastro de produtos – Além do novo canal de relacionamento, as empresas contam com o Cadastro Nacional de Produtos, um banco de dados disponível pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. O CNP proporciona à indústria o cadastro das informações técnicas de seus produtos para transações comerciais e logísticas como, por exemplo, descrição de item, marca, imagem do produto, peso e volume. É um método que confere padrão único para os dados, o que evita a formação de cadastros múltiplos, sem padronização, que provocam ineficiências de processo e duplicidade de informações, entre outras inconsistências que prejudicam todo o planejamento logístico. Com isso, todo fabricante, mesmo os de pequeno porte, iniciam a identificação do portfólio com padrão global e se tornam aptos para fornecer a grandes redes varejistas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email