IPO do Grupo Mateus, de supermercados, deve coroar trajetória de ex-garimpeiro

A abertura de capital do Grupo Mateus – rede de supermercados que atua em 54 cidades do Nordeste – deve coroar a trajetória de Ilson Mateus, empresário de origem humilde que relata ter sido garimpeiro em Serra Pelada, no sudeste do Pará.

A varejista protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em agosto, o prospecto preliminar para abertura de capital – um documento de intenções ao mercado para companhias que planejam ter ações negociadas na bolsa.

O movimento já era esperado pelo setor há pelo menos um ano, embora fosse um desejo até mais antigo do grupo, postergado por conta das incertezas econômicas que abalam o país desde a crise de 2015.

O embrião do Grupo Mateus surgiu em meados nos anos 1980, quando Ilson, à época um garimpeiro em Serra Pelada, em Curionópolis, no sudeste do Pará, ouviu de um conhecido sobre o município de Balsas, Maranhão – cidade que crescia impulsionada pela produção de soja.

Ilson contou em mais de uma ocasião a reportagens locais que passou a ir até Balsas em 1984 para vender refrigerante, mas viu a demanda aumentar para outros produtos. Em dois anos, já abria uma pequena mercearia na cidade.

“Acredito que cheguei no lugar certo, na hora certa”, disse o empresário a um programa de TV local. “Nessa época, fazia várias viagens para Goiânia e São Paulo em busca de hortifruti”.

O modesto comércio evoluiu para um grande supermercado na esteira da economia de Balsas. No final dos anos 1990, a cidade era considerada um “novo Eldorado”, com avanço de 1.526,55% da produção de soja em dez anos, segundo reportagem da Folha de S. Paulo.

Mas o crescimento do município já não era suficiente para os planos da companhia: em 2000, a empresa inaugurou uma loja em Imperatriz, importante centro econômico do Maranhão, e seguiu abrindo outros estabelecimentos no Estado.

Ilson contou que a grande distância entre as cidades em que o grupo atuava exigiu a criação de companhias paralelas para desenvolver serviços. “Hoje temos uma equipe de TI gigante e centro de distribuição robustos”, disse. “A gente precisa ter uma logística muito mais azeitada do qualquer concorrente”.

Gigante alimentar

Segundo a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), o Grupo Mateus é hoje a quarta maior empresa do varejo alimentar no Brasil. A empresa permanece essencialmente familiar, controlada por Ilson Mateus Rodrigues, Maria Barros Pinheiro, Ilson Mateus Rodrigues Junior e Denilson Pinheiro Rodrigues.

Eles devem embolsar parte dos valores da oferta, que será primária e secundária. De acordo com a coluna Capital, do jornal O Globo, a empresa tentará atrair para o caixa R$ 5 bilhões. A coordenação é da XP, com Bradesco BBI, BTG Pactual, Itaú BBA, Santander e Safra.

Fonte: Seu Dinheiro

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email