Grupo Tapajós centraliza a gestão no atacado

Com atuação no mercado farmacêutico na Região Norte, o Grupo Tapajós projeta dobrar o faturamento de seu braço atacadista – a Distribuidora Tapajós. Para isso, a companhia promoveu mudanças no comando da divisão, ampliou seu escopo de serviços e ainda iniciará atuação em mais um estado brasileiro.

Uma das estratégias foi a criação de uma gerência geral do atacado, sob o comando de Yan Tyll. O executivo contabiliza 23 anos de trajetória na indústria farmacêutica, com passagem por laboratórios como a Sandoz e experiência em cargos gerenciais nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Até então, o Grupo Tapajós mantinha centros de distribuição nas cidades de Belém (PA), Boa Vista (RR), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Santarém (PA), mas a gestão era exercida de forma autônoma por cada filial. “Mais do que padronizar processos, nosso objetivo é assegurar condições de negociação mais vantajosas e reforçar vínculos com a indústria farmacêutica”, observa. Com essa novidade, a empresa também expandirá sua abrangência territorial com a criação de uma filial comercial no Amapá.

A centralização da gerência também respaldará a entrada da empresa em mais uma área de negócios – a de Operações Logísticas (OL). “Alguns laboratórios vêm optando por implementar essa operação in house, mas podemos ser uma alternativa para a indústria, aproveitando nossa capilaridade de atendimento e expertise comercial na região”, acredita o executivo. Tyll ainda antecipa que o processo de emissão e fatura dos pedidos passará a ser 100% digital.

A Distribuidora Tapajós atende 3,1 mil clientes mensalmente e conta com 9 mil SKUs no portfólio, entre medicamentos éticos, genéricos e similares disponibilizados por 180 fornecedores. A equipe de 78 colaboradores dá suporte a mais de 100 vendedores da indústria farmacêutica e viabiliza o abastecimento das redes de farmácias que integram o grupo – Drogaria Santo Remédio, FarmaBem e Flexfarma. O atacado representa 40% do volume de negócios da companhia, enquanto o varejo responde por 60%.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email