Dilema de ouro

Os millennials, pessoas nascidas entre os anos de 1980 e 2000, são a fronteira com que os varejistas terão de se debater nos próximos anos para que seus negócios se mantenham atuantes e sejam competitivos no futuro. Mas não só eles. Os empresários terão que se acostumar ainda com o bring your own device ou a tecnologia a mão do shopper, os pagamentos móveis e a Amazon entrando na comercialização de alimentos.  São estes, os principais fatores que revolucionarão o varejo, a maneira de comprar e de consumir nos próximos anos nos Estados Unidos e no mundo. “As lojas, sejam elas físicas ou de comércio eletrônico, terão de entender cada vez mais como o consumidor se comporta e o que ele quer para que elas possam atendê-los. Uns querem ir à loja, outros preferem nIMG_4672ão ir, alguns querem mesclar a internet com a loja física ou vice-versa. Até o modelo de loja pode mudar, pois existem aplicativos que podem ser instalados na despensa ou na geladeira e, a partir daí, se repõe a mercadoria de casa. Quem souber resolver esta equação será quem se dará bem nos próximos anos”, disse Sabrina Helm, professora de Estratégia do Varejo da John and Doris Norton School of  Family and Consumer Sciences, da Universidade do Arizona.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email