Capitalismo Perfeito

Por Juliano Cesar Faria Souto, sócio administrador da empresa FASOUTO e vice-presidente da ABAD

Desde os primeiros tempos da civilização que existem controvérsias sobre temas como : regime econômico , justiça , distribuição da riqueza , pobreza . Em várias passagens dos LIVROS SAGRADOS estes dilemas são explicitados em passagens como : “Pois mais fácil é passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus (Lucas 18:24-25)”. “Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.» (Mateus 22:21)” , entre outras .

Assim, achei bastante pertinente este texto escrito por Claudia Bittencourt* para nossos dias onde as polarizações políticas e econômicas estão ofuscando a razão .

O cientista futurista de origem nipo-americana Michio Kaku** ( 72 anos) nos traz esperança num futuro promissor para a humanidade com a chegada de novos tempos através da QUARTA GERAÇÃO DE RIQUEZA.

Os pilares desse novo tempo serão:
● a geração das riquezas do próximo século será através da junção de biotecnologia, nanotecnologia e inteligência artificial.
● com informações ao alcance de todos, com custos acessíveis e transparência como principal fator de relacionamento com o público empresas com práticas não éticas e incorretas serão facilmente (e fatalmente) substituídas.
● através da tecnologia que a tudo dá visibilidade e é bem mais justo do que o modelo atual, pois resulta em uma concorrência mais leal, menores preços, produtos e serviços melhores.
● a moeda dominante vai ser intelectual
● as nações que investirem em educação, ciência e tecnologia é que tomarão a dianteira
● O conhecimento e pensamento serão o principal capital das nações.
● Para ter essa riqueza no futuro e vencer na quarta onda de geração de riqueza será necessário entender a conexão entre capital de commodity e capital intelectual.
● o poder do conhecimento e das relações humanas, essas nunca perderão sua relevância e sua característica de serem essenciais para o futuro da humanidade.
A autora encerra afirmando sua admiração pelos caminhos trilhados pela China, que percebendo essa tendência , vem deixando de ser o grande parque fabril do mundo, além de produtora de cópias e produtos sem qualidade e hoje se tornou uma geradora de capital intelectual para o mundo.

Ai , fica a grande indagação: 50 anos atrás, Brasil e China estavam em posição socioeconômica semelhante.
O que aconteceu?
É chegada a hora que nós, brasileiros, afastamos nossas divergências de posições políticas e/ou econômicas e nos unirmos em torno de um PROJETO NACIONAL para as futuras gerações , que pelo exposto, passará , obrigatoriamente , pela disseminação da democracia, da informação , do conhecimento e empoderamento das pessoas por meio do capital intelectual. Está em nossas mãos o nosso destino .
O resumo acima corresponde a minha livre interpretação , do texto escrito por Claudia Bittencourt podendo ser refletir as ideias do autor. Texto original está disponível https://www.mercadoeconsumo.com.br/2019/10/24/sera-que-existe-o-ca pitalismo-perfeito/

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.