Cottonbaby lança linha de higiene para mãos

As buscas por produtos antissépticos continuam altas, já que a pandemia do novo coronavírus mudou os hábitos das pessoas e reforçou a importância da higiene frequente das mãos, das superfícies e dos objetos usados no dia a dia. Para atender essa demanda do mercado, a Cottonbaby, fabricante de produtos de higiene e beleza, ampliou o mix com o lançamento do lenço umedecido antisséptico e do álcool em gel.

O lenço umedecido antisséptico para higienização das mãos possui uma solução de limpeza que contém clorexidina, com o mesmo efeito do álcool contra os germes, sem agredir a pele. Com ação hidratante com vitamina E e extrato de aloe vera, também é livre de sulfatos e parabenos. O produto não tem fragrância e não é inflamável. Está disponível nas versões embalagem econômica (50 unidades) e sachê unitário (caixa com 50 sachês).

O álcool em gel antisséptico 70º INPM foi desenvolvido para combater as principais bactérias causadoras de doenças. O produto segue a graduação proposta pelo INPM (Instituto Nacional de Pesos e Medidas), a unidade oficial que reconhece a eficácia do álcool diante dos microrganismos. Tem ação hidratante graças à glicerina e está disponível em frasco e refil de 200 ml.

“Ampliamos a linha tradicional da Cottonbaby e alteramos a nossa linha de produção, com foco na área de assepsia, por conta do momento em que estamos vivendo. Priorizar produtos essenciais é uma das maneiras que encontramos de ajudar no combate à Covid-19”, comenta o CEO Leandro Silveira. Ambos produtos estarão à venda para o consumidor final a partir deste mês de junho.

Uo profissional

Recentemente, a Cottonbaby também desenvolveu um lenço umedecido com ação desinfetante para uso profissional. O Wipe Germ é eficaz contra mais de 20 microrganismos entre eles bactérias resistentes a antibióticos (como a KPC) e vírus como HIV, hepatite, herpes, influenza H1N1 e a linhagem do coronavírus associada à SARS (CDC 200300592). O produto possui registro aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e é baseado em mesma formulação registrada no US EPA (United States Environmental Protection Agency), a agência de proteção ambiental dos Estados Unidos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email