Santa Helena destina 60 toneladas de produtos para causas assistenciais durante a pandemia

Com a prática institucionalizada há vários anos de realizar doações na região de Ribeirão Preto, onde está sediada, a indústria de alimentos Santa Helena expande esse braço de solidariedade para favorecer o público de todo o país durante a pandemia do novo coronavírus. São mais de 12 mil caixas, um total de 60 toneladas dos mais variados produtos da companhia, enviadas para entidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia, entre outras, além de continuar com as ações conjuntas com o Fundo Social de Solidariedade ribeirão-pretano.

Dentre as organizações contempladas estão: Mesa Brasil Sesc (unidades Ribeirão Preto, Goiânia e São Paulo), Grupo CCR e Rio contra Corona. Além disso, em iniciativa autoral, a indústria promoverá ações de valorização dos profissionais da saúde. Mensagens de apoio e doces e snacks da marca estarão nos kits que serão enviados para mais de cinco unidades de saúde, situadas no município de Ribeirão Preto.

De acordo com Elaine Ribeiro, gerente de recursos humanos da Santa Helena, a empresa valoriza a região em que está, mapeia formas de contribuir com a sociedade anualmente, mas compreende que os tempos são outros. “Há uma necessidade urgente de contribuir com outras causas também importantes, dedicadas a ajudar a população com a entrega de alimentos e, assim, aplacar os efeitos socioeconômicos do momento atual na vida de quem mais precisa”. Por isso, para ela, agora é importante aumentar os esforços, inclusive, para criar uma corrente do bem que possa estimular mais e mais pessoas a se engajarem, sejam elas físicas ou jurídicas.

“Para nós, também é fundamental contribuir porque é uma causa importante, que faz parte da história da empresa nesses mais de 78 anos de atuação. Sabemos também do potencial nutritivo que o amendoim possui e como ele pode ser útil na dieta da população”, justifica. Elaine elenca as principais vantagens do amendoim para a saúde: rico em proteínas, fonte de ômega 3, vitamina E, garante energia, afasta a fadiga e promove a saciedade. “Todos esses benefícios reforçam a importância de levar os produtos da Santa Helena para várias partes do Brasil”, afirma.

Só para o projeto Rio contra Corona serão destinadas 21 toneladas de produtos. A entrega será um reforço para a iniciativa conduzida pelas instituições não-governamentais Banco da Providência, Instituto Ekloos e Instituto Phi. Até agora, o movimento entregou 1.242 toneladas de alimentos até o dia 6 de maio, beneficiando 99.939 famílias em 178 comunidades locais.

Já em parceria com o Grupo CCR, a Santa Helena distribuirá em maio mais de 30 mil itens em kits de alimentação. Serão 1.258 caixas de produtos como Grelhaditos e Amindus. Para o Mesa Brasil, serão em média 20 toneladas em benefício as mais de 1.700 ONGs das cidades atendidas pelas unidades contempladas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email