BRF reabre planta em Rio Verde após duas semanas

A BRF retomou ontem a produção no complexo industrial de Rio Verde, em Goiás. A unidade, que ficou duas semanas fechada por determinação da prefeitura e é uma das principais do grupo, ainda não está operando a plena capacidade.

Em nota, a empresa informou que a retomada é gradativa. Os funcionários da planta só podem regressar depois de consulta médica e do resultado dos testes para a detecção do novo coronavírus.

O decreto municipal que determinou a interdição temporária do complexo industrial ocorreu após testes detectarem alta prevalência da covid-19 entre os funcionários – os exames foram custeados pela empresa por exigência da Vigilância Sanitária do município goiano.

Quando determinou a interdição da fábrica, a prefeitura informou que, dos testes cujos resultados já estavam prontos, 58,6% apresentavam diagnóstico positivo para o coronavírus. Àquela altura, o resultado de 29% das amostras era conhecido, o que indicava pelo menos 1,4 mil contaminados.

Em Rio Verde, a BRF tem mais de 8,5 mil funcionários e todos foram testados. Em nota, a empresa não revelou quantos funcionários testaram positivo e quantos estão afastados. “A companhia ainda aguarda os resultados finais da testagem feita no início do mês”, informou o grupo, destacando que vem acompanhando a evolução do vírus no país.

fonte: Amis

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email