BRF faz aporte de R$ 2,5 milhões para reativar linha de margarinas em Uberlândia

Líder disparada do mercado brasileiro de margarinas, a BRF vai ampliar a capacidade de produção da categoria em mais de 35%. Dona da marca Qualy, a empresa anuncia hoje, em cerimônia em Uberlândia (MG), a retomada da linha de margarinas na fábrica localizada no município mineiro

A retomada da linha de margarinas da BRF ocorre em um momento de mudanças no perfil dos competidores. Em dezembro, a JBS anunciou a compra dos ativos de margarina da Bunge, que é dona da marca Delícia, por R$ 700 milhões. O negócio ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), mas representa um esforço da JBS, que é dona da marca Doriana, de avançar em um dos poucos mercados no qual a BRF nada de braçada. Ao retomar a produção em Uberlândia, a dona da Qualy indica que o avanço da concorrente não será trivial.

No Estado de Minas Gerais, onde a companhia está retomando a produção de margarinas, a liderança da BRF é ainda maior. A participação é de 71,9%, em volume.

Ao aumentar a capacidade de produção, a BRF aposta na recuperação do mercado doméstico e nas versões saudáveis da Qualy. No ano passado, a empresa lançou a Qualy Vita, versão com Omega 6, e uma margarina sem lactose. O executivo da companhia também destacou a possibilidade de ampliar as vendas de margarinas para o food service (alimentação fora do lar).

Em Uberlândia, a retomada da linha de produção da BRF gerará 35 empregos. Em Minas Gerais, a companhia tem 7 mil funcionários e 290 avicultores e suinocultores integrados. Além de margarina, que voltará a ser produzida, a unidade de Uberlândia produz carnes de frango e suína e itens processados como linguiça, mortadela, presunto, bacon e empanados.

Fonte Valor Econômico
Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.