Dicas para reduzir custos de treinamentos

Nos dias atuais, em que o mercado se apresenta muito dinâmico, é essencial que as empresas consigam preparar e evoluir seus colaboradores através de treinamentos. Para sobreviver e se manter competitivo, o negócio tem que investir nessa preparação, atualização, renovação dos seus profissionais.  Organizar um treinamento não é fácil, além de toda a logística, tem que conciliar um dia que todos podem se deslocar, bons instrutores, e claro, os gastos. Nesses tempos complicados, a redução de custos é algo que está sendo trabalhado com frequência no mundo corporativo.

Se tratando especificamente dos treinamentos, pode-se reduzir os gastos sem ter que tirá-los do cronograma, já que são algo importante. Existem maneiras de amenizar o custo, de economizar, sem tirar a qualidade dos treinamentos corporativos. Veja algumas dicas:

Prioridades

Liste objetivos, desde baixa até alta prioridades. Verifique os treinamentos, quais fazem sentido com relação a esses objetivos. Assim você consegue organizar e priorizar os mais importantes para fazer primeiro e projetar os outros para um futuro mais adequado.

Palestras

Faça com que os colaboradores que possuem talento ou com domínio em certos assuntos, dividam suas experiências e saberes com os outros. Isso pode ser feito através de palestras e assim, essa troca faz bem, tanto para quem dá a palestra quanto para quem ouve.

Experiência

É indicado que se desenvolva algum tipo de interação, de programa, onde os profissionais há mais tempo na empresa ou com mais experiência de mercado possam orientar quem chega e os mais novos. Assim, eles conseguem acompanhar quem ensinarão mais de perto, trocando ideias, e criando um desenvolvimento conjunto.

Espaços

Devis Pereira, diretor do espaço Jacyra Sanches, local onde podem ser feitos e organizados qualquer tipo de treinamento e evento corporativo, destaca a escolha certa a se fazer. “Quando falamos de organizar treinamentos, no fim das contas fazer isso em espaços especializados acaba saindo mais em conta, porque lá você paga pela comodidade e não tem custos a mais ou surpresas, o espaço organiza tudo, fornece alimentação, etc. Dando tempo para que você invista na qualidade de conteúdo e não perca tempo com o resto”.

Tecnologia

Hoje estamos muito avançados nessa questão, e várias ferramentas estão aí para auxiliar nos treinamentos. Fazendo com que seja economizado tempo e recurso, tendo ganho de eficiência. Exemplo, videoconferências, compartilhamento de arquivos, canais de comunicação, entre outros.

Rotação

Uma técnica eficaz é fazer com os profissionais andem, circulem pela empresa, ou seja, rotação de funções, trabalhar em diferentes áreas, conhecer a rotina, os processos. Com isso, você tem um jeito de fazer crescer ou desenvolver habilidades e conhecimentos.

Parcerias

Procure os parceiros da empresa, eles podem ser até mesmo alguém que fez negócio, ou fornecedores e executivos. Como existe a possibilidade das empresas se desenvolverem juntas, os treinamentos de um para o outro são gratuitos, uma retribuição.

Grupos

É sempre bom que todos os colaboradores tenham como trocar informações, discutir coisas importantes, trocar boas experiências, e coisas que deram certo ou não, tudo para o bem da empresa e de todos. Organizar grupos para isso é uma saída viável para todos esses compartilhamentos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email