Neogrid abre dados de 32 categorias com maior risco de ruptura nos supermercados

A Neogrid libera dados para que todos possam acompanhar o índice de ruptura dos produtos nos supermercados diariamente. “É uma forma de auxiliar os varejistas nessa hora de muita cautela e acalmar a população”, afirma Eduardo Ragasol, COO de Neogrid.

A Neogrid recebe informações e monitora mais de 20 mil pontos de venda do varejo e vai abrir dados de 32 categorias que mais faltaram nas prateleiras dos supermercados. Além do índice de ruptura geral e por categoria, o estudo também mostra o aumento de vendas e o volume de estoque no varejo.

Todos podem acessar os dados diariamente pelo link que será atualizado: https://promo.neogrid.com/estudo-ruptura-de-estoque-diaria-covid19.

Não há desabastecimento

Desde o dia 24 de fevereiro (quando foi registrado o primeiro caso de coronavírus no Brasil), a Neogrid tem acompanhado intensamente os estoques dos supermercados e tem mostrado que não há problemas de desabastecimento. “A população comprou mais, pois com todos em casa, é preciso se abastecer. O que não é necessário, é estocar alimentos em excesso”, explica Ragasol. “Vimos que houve uma falta de velocidade no abastecimento das gôndolas dos supermercados. Como não eram produtos que, normalmente, os repositores estão acostumados a abastecer, eles demoraram um pouco mais”.

Categorias
  • Álcool de limpeza
  • Álcool em gel
  • Toalha de papel
  • Sabão em pedra
  • Papel higiênico
  • Grão de bico
  • Lenço umedecido
  • Vinagre
  • Massa
  • Arroz
  • Farinha de Trigo
  • Leite em pó
  • Mistura para bolo
  • Biscoito
  • Catchup
  • Chá
  • Detergente líquido
  • Atomatado
  • Fermento
  • Farinha de mandioca
  • Sabonete
  • Açúcar
  • Achocolatado em pó
  • Preparo para caldo (Caldo de galinha, de carne etc)
  • Algodão
  • Erva mate
  • Amaciante de roupa
  • Sal de cozinha

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email