Sincades apresenta programa para sucessores

Preparar um bom sucessor pode ser a chave para o crescimento de uma empresa. Por isso, planejar a transição envolve fatores que necessitam de estudos e muita preparação daqueles que irão comandar a próxima geração da organização. Sabendo disso, o Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Espírito Santo (Sincades) lançou um programa de qualificação de gestores, que irá englobar palestras técnicas, visitas técnicas regionais, cases de sucesso, workshops e ações sociais.

O evento de lançamento contou com a participação do presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo (CRC-ES), Haroldo Santos Filho, do 1º vice-presidente do Sincades, Carlos Antônio Marianelli e do presidente da ABAD Jovens e Sucessores, Juscelino Franklin de Freitas Junior. No evento foi destacada a importância de um processo de sucessão coeso e bem estruturado e apresentada algumas das atividades desenvolvidas pelo núcleo de sucessores da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores.

Para o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo (CRC-ES), Haroldo Santos Filho, o processo de sucessão em qualquer empresa deveria envolver profissionais de contabilidade, advocacia e especialistas em avaliação de perfil. “O processo sucessório é desafiador, complexo e precisa ser planejado com o auxilio de profissionais com expertise nessa área, pois envolve a criação de mecanismos de governança”, analisa. Segundo dados, 35% de todo o empresariado do mundo é controlado por grupos familiares e, no Brasil, 21% do PIB brasileiro é oriundo de empresas familiares.

De acordo com o presidente da ABAD Jovens e Sucessores, Juscelino Franklin de Freitas Junior, a bandeira da ABAD Jovens e Sucessores no biênio 2017/2018 é o preparo técnico. “O setor atacadista e distribuidor é responsável por 5% do PIB brasileiro. O segmento precisa se fortalecer e criar a cultura do associativismo em nossos associados. Da porta para fora, as empresas são sim concorrentes, mas dentro do sindicato é necessário unir forças para impulsionar o setor e fazê-lo crescer ainda mais”, destaca.

O vice-presidente do Sincades, Carlos Antônio Marianelli, afirma que o programa possui escopo de trabalho, mas será pautado, essencialmente, nas demandas dos sucessores. “O Sincades Sucessores irá diagnosticar as necessidades dos associados, criar grupos de trabalho, proporcionar trocas de experiências e realizar cursos de capacitação em áreas específicas de gestão. O programa busca o crescimento do setor atacadista e distribuidor e a sustentabilidade das empresas associadas”, analisa.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email