Diálogo Unecs com candidatos à Presidência da República começa em Brasília

O Diálogo Eleitor, promovido pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs), teve início agora há pouco, em Brasília, no auditório Santa Cruz do Centro de Eventos Brasil 21. O presidente Paulo Solmucci fez a abertura do evento que contará, ao longo desta terça-feira, com cinco candidatos à Presidência da República, que apresentarão propostas para a modernização do ambiente de negócios e empreendimentos no país. Os participantes serão Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), representando o ex-presidente Lula.

Solmucci ressaltou que o diálogo do dia de hoje se dará entre candidatos e a sociedade, “e não entre candidatos e pessoas jurídicas”. O presidente da Unecs observou ainda que as eleições ocorrem em um ambiente de confusa estrutura político-partidária. “Eis aí o desafio da reforma política. Aliás, desafios não nos faltam. Reforma da previdência, simplificação tributária, combate ao contrabando, competitividade no sistema financeiro, saneamento básico, modernização das estruturas de saúde e educação. O leque é extenso”, observou Paulo Solmucci.

O primeiro participante do Diálogo Unecs com candidatos à Presidência da República, Álvaro Dias, afirmou que, apesar dos avanços no combate a corrupção, “há uma guerra que precisa ser travada contra um modelo de política que arrasou o Brasil”. Segundo o candidato, “os fracassados são os governantes e não o povo”.

O presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad), Emerson Luiz Destro, foi o primeiro a dirigir perguntas ao candidato. Destro questionou quais seriam as medidas a serem tomadas, nos primeiros cem dias de governo, para controle de despesas e aumento da eficiência do Estado.

Álvaro Dias mencionou que seu plano de governo inclui 19 metas, que englobam reformas como a da Previdência e o corte de despesas para zerar o déficit público. “No primeiro ano, nosso objetivo é corte de 10% em todos os gastos. No segundo ano virá o ajuste fiscal, com orçamento base zero, a partir da análise e justificativa de cada gasto.” Reforçou ainda que, “se a corrupção for eliminada, a redução de gastos será ainda maior.”

Em seguida , Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae Nacional, dirigiu questionamentos ao candidato sobre os planos de um possível governo do Podemos para a melhoria do ambiente de negócios.

Álvaro Dias afirmou que a meta 16 do plano mencionado aborda a desburocratização dos procedimentos entre particulares e o Estado, com 365 medidas como, por exemplo, a facilitação para obtenção do CNPJ. De acordo com Dias, é imprescindível que seja facilitado o processo formal de abertura de empresas.

João Sanzovo Neto, presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) deu sequencia às perguntas e inquiriu quais ações seriam adotadas para que as cidades se tornem lugares melhores para se viver e empreender. “Execução de obras em parcerias público privadas e a gestão competente por meio de concessões são indispensáveis”, observou Dias. Ele citou o exemplo de obras que são objeto de discussão há anos dentro da sociedade, como a despoluição da baía da Guanabara, na capital fluminense, que “não saem do papel.”

O presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Pinheiro, dirigiu a Álvaro Dias suas preocupações quanto à proteção de fronteiras, a fim de evitar-se o mercado ilegal originado com o contrabando.

Para o candidato do Podemos, financiamento, capacitação e politicas de Estado de segurança pública devem priorizar as zonas de fronteira. “As fronteiras estão abertas para o crime. É preciso Investimento em inteligência, a fim de coibir-se os efeitos que essa criminalidade causam”, disse.

O Diálogo Eleitor segue com transmissão ao vivo pela internet no www.dialogoeleitor.com.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email