Agad em Pauta destaca os desafios de 2017

A Associação Gaúcha de Atacadista e Distribuidores deu inicio ao seu calendário de atividades para o ano de 2017, quando em 06 de março realizou no Hotel Deville / POA, a primeira edição do seu tradicional evento o AGAD EM PAUTA, que teve como palestrante Luis Antônio dos Santos, integrante da equipe técnica da CCA Bernardon – Consultoria, Contábil e Tributária. Durante seu manifesto o presidente da AGAD, empresário José Luiz Boeck ressaltou que a entidade não poderia iniciar suas atividades da melhor forma, já que, Luis Antônio dos Santos faz parte de uma das mais sólidas parcerias da Associação. Destacou que o palestrante ao abordar o tema “Novidades Tributárias para 2017 – ICMS, IPI e ISS”; certamente estaria oportunizando ao setor o esclarecimento de muitas dúvidas que causam inquietação, porque são alterações ocorridas na legislação e muitas delas já vigentes desde 1° de janeiro deste ano.

O Dirigente da Associação Gaúcha de Atacadistas e Distribuidores também fez referência que o segmento vivenciou recentemente o processo de preencher o formulário do Ranking ABAD 2017 (ano base 2016) que tem por objetivo delinear de forma mais fiel possível, uma radiografia do que representa o Setor Atacadista e Distribuidor Brasileiro. “Fica aqui o meu agradecimento às empresas associadas que se engajaram a esse importante processo enviando seus dados. Que no próximo ano sejamos em, número ainda maior.” José Luiz Boeck fez um chamamento para que todas as empresas que integram a Associação Gaúcha de Atacadistas para que desde já, mobilizem suas equipes de vendas para o XIII CONVENDAS com data marcada para o dia 27 de maio, no Teatro do SESI/FIERGS. E este ano a AGAD será anfitriã do 6° ENCONTRO SUL BRASILEIRO DO SETOR ATACADISTA E DISTRIBUIDOR, encontro que reúne integrantes do setor da região e acontecerá nos dias 10, 11 e 12 de novembro de 2017, na cidade de Bento Gonçalves, na serra gaúcha. O dirigente atacadista destacou que será desenvolvida uma extensa programação envolvendo palestras, debates e visitações à indústrias e vinícolas da região.

“Prezados, companheiros de Diretoria, empresas associadas e colaboradores. Temos pela frente um ano de muito trabalho. Muito mais trabalho o que exigirá mais dedicação e competência para enfrentarmos os desafios. Vamos investir nas pesssoas, lutar pela ética, começando dentro de casa. Ficarmos atentos para punição dos maus políticos. E nos engajarmos na reforma trabalhista, que tem penalizado toda classe produtiva, empresas e trabalhadores” finalizou José Luiz Boeck.

NOVIDADES TRIBUTÁRIAS PARA 2017 – ICMS, IPI, e ISS

Com a abordagem do tema acima Luiz Antônio dos Santos, integrante da Equipe Técnica da CCA Bernardon – Consultoria, Contábil e Tributária contou com a atenção de todos que estavam na Sala Piratini II do Hotel Deville destacando a dimensão da carga tributária existente no Brasil, enfatizando que cada alteração afeta diretamente na atividade dos agentes da distribuição; sejam estas alterações do âmbito federal estadual ou municipal. Chama atenção para a dificuldade que os governos no Rio Grande do Sul têm para adotar medidas que venham beneficiar o setor. Mas destaca, que apesar disso, a Associação Gaúcha de Atacadistas e Distribuidores conseguiu alterações importantes. Isso graças ao canal aberto existente entre o setor e a SEFAZ.

O consultor tributário recomenda que se deve ter consciência do que está acontecendo. Explica que em razão da rapidez com que as alterações acontecem estamos cada vez mais reféns do fisco. Alerta que as empresas devem dar a devida importância ao profissional que está atuando nesta área. Lembra que com relação ao IPI (Imposto Sobre Produto Industrializado) existe uma nova tabela e que é preciso estar atento a data de entrada em vigor evitando pagamentos indevidos. No que diz respeito ao ICM (Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Serviços) salienta que foram divulgados novos prazos de recolhimento e alerta que para o Simples Nacional também houve alteração de prazo para recolhimento daquele imposto. Ajuste a partir de 1° de abril de 2017.

Dentro deste contexto todo Luis Antônio dos Santos destaca algumas questões que são de suma importância. Como por exemplo: o cadastro de itens que tem que ser auditado porque é rigorosamente necessário que esteja em dia. Outra questão: Quem é contribuinte? Alerte que isto é algo que precisa ficar muito bem definido. O palestrante também trouxe informações e esclarecimentos sobre muitas outras questões que impactam diretamente no setor tais como: Nota Fiscal Eletrônica; Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica; Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais. Tudo isto em um clima de muita interação.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email