Supermercados mineiros revisam projeção de crescimento para o Natal

A Associação Mineira de Supermercados (AMIS) revisou para cima as projeções de crescimento em 2016. No início do ano, a entidade previa uma expansão de 0,50% nas vendas durante o ano diante do cenário de retração econômica. Agora, a expectativa é de que o ano de 2016 feche com crescimento real de 1,8% nas vendas. No ano passado, os números finais foram 0,7% maiores do que os de 2014.

Com a revisão das projeções, o setor deverá fechar este ano com um faturamento de R$ 34,1 bilhões, em 7.095 lojas e gerando 179 mil postos de trabalho de forma direta. Esses números já levam em consideração as 50 lojas abertas ao longo do ano, com a geração de 5 mil postos de trabalho.

Em 2016, os supermercados mineiros estão investindo R$ 250 milhões em abertura e em reformas de lojas. O segmento no estado é o segundo maior do país e representa 10,5% do faturamento nacional.

Os números foram divulgados nesta terça-feira, 18 de outubro, na abertura do 30º Congresso e Feria Supermercadista e da Panificação (Superminas), que vai até esta quinta-feira (20), no Expominas em Belo Horizonte.  Segundo os organizadores, a Associação Mineira de Supermercados (AMIS), e o Sindicato e Associação Mineira da Indústria da Panificação (Amipão), o evento deve reunir na Capital 53 mil participantes nos três dias.

Natal

A melhora nos números do setor animou também nas projeções para o final de ano, especialmente no Natal. Uma sondagem da AMIS com empresários de todo o Estado mostra que deverá haver um crescimento de 4,5% nas vendas do setor no Natal de 2016 sobre o de 2015.

Vagas temporárias – Ainda de acordo com o levantamento, os empresários irão contratar mais profissionais para reforçar o quadro na época. No ano passado, as empresas abriram 2,5 mil vagas. Já neste ano, 3 mil postos serão abertos para o atendimento durante o Natal e final de ano.

Potencial

Os dois segmentos, que representam o segundo maior do País, reúnem na Superminas representantes de 21 mil pontos de vendas no estado.  Em faturamento, são próximo de R$ 42 bilhões, ou aproximadamente 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mineiro.

Dados do setor/2016 – ao final do ano

Crescimento real do setor: 1,8%
Faturamento total: R$ 34.1 bilhões
Investimento: R$ 250 milhões
Novas lojas: 50
Reformas: 55
Novos empregos: 5 mil
Total de empregos: 179 mil
Total de lojas: 7.095

Natal/2016
+ 4,5% sobre Natal/2015
+ 3 mil empregos temporários

 
 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email