Efeitos da pandemia freiam intenção de lançamentos da indústria

A indústria de transformação ainda sente os efeitos da retração das vendas no varejo e não colocou em prática o lançamento de produtos. A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil mede a intenção da indústria em lançar novidades mensalmente e, em maio, apesar de uma certa tendência de retomada de mercado na comparação com abril, há tendência de espera por reação no consumo. O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial para o mês de maio apresentou aumento de 29,6% na comparação com o mês anterior no dado livre de efeitos sazonais. Porém, no acumulado de 12 meses o índice apresentou queda de 19,7%, tendência também identificada no acumulado do ano (-26,5%).

“O mês de maio apresentou uma melhora nos resultados com relação ao mês anterior. No entanto, é importante ficarmos atentos pois a intenção de lançamento de produtos continua próxima dos seus índices históricos mais baixos. É esperado que a reversão no indicador ocorra somente após a retomada das atividades no país e, ainda assim, de forma gradual”, comenta Virginia Vaamonde, CEO da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. A entidade agrega 58 mil empresas de todos os portes, que representam 31% do PIB.

Índice por regiões do País:

Índice por setores:

Elaboração: GS1 Brasil com o apoio da 4E Consultoria

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email