Menu
divisor-menu

Últimas Edições

Últimas Edições

 
 

Higiene Pessoal - Papel Higiênico

Presente na cesta

Redação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Região Sul tem maior representatividade para a categoria no canal pesquisado, segundo a Nielsen. Ela responde por 25% das vendas, que tiveram alta de 0,9%, com destaque para os produtos de folha dupla
(57% da importância em valor do segmento), seguidos pelos de folha simples, com 42%.

“As preocupações maiores com as aglomerações de pessoas e as medidas de distanciamento fizeram com que o varejo de vizinhança e os mercados locais ganhassem mais destaque nas compras de abastecimento e de reposição dos produtos em suas casas. Sabemos que o papel higiênico está entre as categorias de uso essencial e entendemos sua importância para a higiene pessoal diariamente e o autocuidado das pessoas. Essa combinação, de um produto de uso diário com o ganho de importância do varejo de vizinhança, fez com que a categoria crescesse de maneira acelerada nessas lojas”, comenta Patrícia Menezes, diretora de Family Care da Kimberly-Clark Brasil.

Ela também disse que trabalhar o sortimento correto com marcas de maior giro e rentabilidade, promover visibilidade e agregar com categorias complementares são ações que ajudam a estimular esse segmento a entregar cada vez mais valor ao varejista.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email