Últimas Edições

Últimas Edições

 
 

Nova fase

Ana Paula Alencar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Campanha Social do Instituto ABAD, “ Sem Abraço, Mas com Solidariedade”, vai começar uma nova fase. Iniciada em maio, a ação já arrecadou cerca de 500 toneladas de alimentos e produtos de higiene e limpeza com o apoio de filia-das e representantes estaduais, associados e amigos do setor. Em parceria com o Mesa Brasil Sesc, os produtos foram doados a instituições sociais e comunidades em vá-rias regiões do Brasil.

“Passados mais de quatro meses desde o início da pandemia, os reflexos econômicos em razão das medidas de restrição continuam existindo. Por isso, entendemos que a mobilização é ainda mais necessária. E para continuarmos a ajudar e a apoiar a parcela da população que se encontra em situação de vulnerabilidade, precisamos da união de todos”, afirma Emerson Destro, presidente da ABAD.

Os produtos foram doados a instituições sociais e comunidades em várias regiões do Brasil

De acordo com levantamentos realiza-dos pelo Instituto Mundial das Nações Uni-das, antes da pandemia, havia cerca de 800 milhões de pessoas em situação de pobre-za no mundo; agora, esse número pode chegar a 1,5 bilhão. No Brasil, a população próxima da extrema pobreza, vivendo com 1,90 dólar por dia, pode passar de 700 mil para 3,3 milhões. Em ambos os casos, foi constatada uma queda brusca na renda, da ordem de 20%.

O aumento da taxa de desemprego e, consequentemente, do número de famílias em condição de vulnerabilidade também tende a crescer ainda mais. Um bom exemplo vem dos estudantes da rede pública, que antes tinham a garantia de receber uma refeição na escola e agora estão em suas casas, passando por uma situação de insegurança alimentar.

O mecanismo de doação permanece mesmo. Basta procurar a coordenação estadual do Mesa Brasil Sesc, que atua em mais de 500 municípios no País e tem unidades em 91 cidades (capital e interior) ou a filiada ABAD. Os produtos serão retirados, levados para o centro de triagem e, depois, entregues para as entidades previamente cadastradas.

Alternativamente, nessa nova fase, a doação também poderá ser feita em dinheiro. O valor arrecadado será revertido na compra de cestas básicas. O depósito pode ser feito na conta do Bradesco, Agência 562, conta corrente 63.110-8, em nome do Instituto ABAD. Para saber mais, acesse o site da entidade.

DB DigitalReceba no seu email

DB DigitalReceba no seu email