Seções

Nesta Edição

divisor-menu

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

Últimas Edições

Seções

Nesta Edição

ABAD
News

Expo-Ecos movimenta Mato Grosso

Por Luciane Mildenberger

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Evento reuniu cerca de 60 expositores na feira de negócios

A geração de negócios e a oportunidade de aprendizado para os representantes de toda a cadeia de abastecimento de Mato Grosso foram os principais assuntos dos discursos apresentados na abertura do evento Expo-Ecos 2019, realizado de 4 a 6 de junho, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá/MT. A solenidade contou com a presença de vários empresários do setor, autoridades e cerca de 60 expositores. 

João Carlos Sborchia, presidente da Amad – Associação Mato-Grossense de Atacadistas e Distribuidores, abriu o evento, destacando que em momentos de crise os empreendedores encontram oportunidades para crescer e, da mesma maneira, as entidades representativas são solicitadas a indicar o caminho do progresso e do desenvolvimento. 

“Assim, juntando forças, a Asmat – Associação de Supermercados de Mato Grosso, a Amad, o Sincad-MT – Sindicato do Comércio Atacadista Distribuidor de Mato Grosso e o Sincovaga-MT – Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de Mato Grosso decidiram, depois de dez anos, reeditar a Expo-Ecos, que foi concebida e desenvolvida para reunir toda a cadeia de abastecimento do Estado de Mato Grosso, proporcionando a aproximação de fornecedores e varejistas.” 

Representando o governador Mauro Mendes, o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, disse que também faz parte do setor e não poderia deixar de apoiar o evento. Durante a abertura da Expo-Ecos, os organizadores fizeram uma homenagem à Casa Domingos pelos 50 anos de existência da empresa, que tem o CNPJ atacadista mais antigo do Estado. O troféu foi entregue ao empresário Antônio Domingos. 

Também estiveram presentes na abertura da Expo-Ecos 2019 João Tarcício Falqueto, presidente da Acaps – Associação Capixaba de Supermercados, Omar Abdul Assaf, vice-presidente da Apas – Associação Paulista de Supermercados, representantes da Asmad e da Amas, Celly Almeida, secretária extraordinária dos 300 anos de Cuiabá, representando o prefeito Emanuel Pinheiro, Dilmar Dal Bosco, deputado estadual, Sebastião dos Reis Gonçalves (o Tião da Zaeli), presidente do Sincad-MT, Kássio Catena, presidente do Sincovaga, e José Wenceslau Jr., presidente da Fecomércio – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. 

A realização da Expo-Ecos é uma parceria de quatro entidades: a Amad, a Asmat, o Sincad-MT e o Sincovaga-MT. O evento conta com palestras, seminários, oficinas e painéis com especialistas de diversas áreas, englobando os aspectos técnicos e operacionais e a troca de conhecimentos sobre as tendências do mercado. A Expo-Ecos foi patrocinada pela SE Distribuidora, DAC Distribuidora, DM Card, Senac Mato Grosso, Fecomércio, GS1 Brasil e Aurora, e o apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. 

O economista Ricardo Amorim falou aos empresários durante a Expo-Ecos. Em sua palestra, discorreu sobre a possibilidade de crescimento do Brasil a partir da aprovação da reforma da Previdência, fator decisivo para a retomada da confiança e dos investimentos no País, para uma plateia de aproximadamente mil pessoas. Segundo Amorim, o Brasil viveu o pior momento da sua história econômica nos últimos 120 anos, o que significa que foi a crise mais longa, profunda e dura vivida pelo País. 

“Foi difícil para todo mundo, mas ela já ficou para trás. Todas as vezes em que tivemos processos como este no passado, quando o Brasil viveu uma crise econômica grave, houve uma transição política e algumas medidas necessárias foram tomadas, o País cresceu muito mais do que as pessoas pensavam e isso gerou oportunidades. Agora, o Brasil precisa da reforma da Previdência para começar a crescer neste ano e, principalmente, nos próximos anos”, afirmou.

Ricardo Amorim, economista, falou aos empresários